: Hospital Regional de Cornélio terá licitação para término de obras

Hospital Regional de Cornélio terá licitação para término de obras - Tv Na Rua


 Hospital Regional de Cornélio terá licitação para término de obras

Estimada em R$ 11.400 milhões, metade da obra já está concluída; hospital deve atender pacientes de 20 municípios da Amunop

Paralisada há quase três anos, a conclusão das obras do Hospital Regional de Cornélio Procópio ganhou um novo capítulo graças à liberação de recursos da Caixa Econômica Federal. Assim, a partir de agora, a Prefeitura está autorizada a abrir uma nova licitação para finalizar a construção do prédio. A interrupção do trabalho, em julho de 2015, se deu por causa de uma suspensão feita pela Justiça na gestão passada e o contrato com a empreiteira foi rompido.

 Estimada em R$ 11.400 milhões, metade da obra já está concluída e, de acordo com a assessoria de imprensa da prefeitura, a expectativa é de que serão atendidos 20 municípios da Amunop (Associação dos Municípios do Norte do Paraná), abrangendo uma população de quase 300 mil habitantes. "A previsão é que a obra gere 500 empregos diretos e indiretos", informou também a assessoria. Acerca dos serviços, ainda não estão definidos os atendimentos, mas os casos de baixa complexidade estão garantidos.

A boa nova foi recebida com motivação pela atual administração municipal que considera a notícia muito positiva para a população procopense e da região. O Hospital Regional Pioneiro Amin Hannouche irá funcionar nas proximidades do Conjunto Habitacional Martha Dequech, na BR-160, saída para Londrina. Ao todo, a unidade contará com uma área construída de 7,6 mil metros quadrados, contendo três blocos, com três centros cirúrgicos de média complexidade e 140 leitos. "Lutamos muito para que esta obra fosse relicitada e concluída. Vencemos as questões judiciais e as barreiras econômicas e agora podemos fazer uma chamamento para que empresas possa participar de uma nova licitação", explicou o prefeito Amin Hannouche. A previsão é de que a unidade seja entregue dois anos depois de reiniciado.

De acordo com a diretora de licitação da prefeitura de Cornélio Procópio, Meury Marques, há questões burocráticas internas a serem resolvidas. "Eu ainda não recebi o projeto. Isso deve acontecer até amanhã, quarta-feira (28). Então será dado início ao processo. Fazemos a publicação de aviso de edital no Diário Oficial da União, em jornais de grande circulação regional e no Tribunal de Contas. A partir daí, o processo licitatório está aberto de fato. Podem participar empresas de engenharia com capacidade técnica", explicou.

Walkiria Vieira
Grupo FOLHA

Visualizações 553
Fonte: Grupo Folha
Por: Redao
Data: 29/03/2018 11h45min

JG FreiosSampei Cozinha ChinesaNoemi LanchesProdutos AlcobaçaBrasilnet Hospital do Câncer de Londrina
CONTATO

contato@nossoclick.com
antonio.zaneti@gmail.com
(43)99920-1893
TV Na Rua / CornelioDigtal / BandDigital- 2007 - 2014