Fim da linha: Dodge Viper terá produção encerrada em 31 de agosto

Fim da linha: Dodge Viper terá produção encerrada em 31 de agosto - TvNaRua / NossoClick.com - O Portal da Família Fim da linha: Dodge Viper terá produção encerrada em 31 de agosto - TVNaRua/ NossoClick.com - O Portal da Família
Fim da linha: Dodge Viper terá produção encerrada em 31 de agosto

Esportivo mais superlativo dos Estados Unidos se despedirá após 25 anos

A última geração do Dodge Viper foi lançada em 2012 e foi acertada pela Ferrari (Divulgação/Dodge)

Um minuto de silêncio, por favor. O Dodge Viper, carro que melhor retrata a face exótica dos esportivos norte-americanos, terá sua produção encerrada em 31 de agosto.

O clima de despedida paira sobre a fábrica na Conner Avenue, em Detroit, há um ano, quando a Dodge confirmou o fim do superesportivo. Na época, lançaram cinco séries especiais limitadas, homenageando as principais versões do Viper.

Elas foram vendidas em poucas poucas horas.

O esportivo nunca abriu mão do enorme motor V10 adaptado de um caminhão (Divulgação/Dodge)

Foi apenas um lapso. Na verdade, esta quarta geração do Viper enfrentou problemas com baixas vendas desde 2012.

Em 2010, a Fiat assumiu o Grupo Chysler e tirou o Viper do mercado para que a Ferrari fizesse melhorias técnicas e mecânicas. A principal delas foi a instalação de um controle de estabilidade. 

Primeira geração do Dodge Viper, lançada em 1992 (Divulgação/Dodge)

Mas o Dodge Viper não perdeu seu lado chucro. Apenas ficou sem muitos argumentos para justificar o preço bem acima dos Chevrolet Corvette e até do Dodge Challenger Hellcat.

Terceira geração chegou em 2003 (Divulgação/Dodge)

O que jogava a seu favor era o enorme motor Pushrod V10 8.4L aspirado – que um dia foi usado em caminhões – com pujantes 654 cv e 83 mkgf de torque, sempre com câmbio manual Tremec de seis marchas.

É daqueles conjuntos para os que não ligam para emissões, consumo ou tendências de mercado como o downsizing.

O Dodge Viper ACR é a versão de pista e chega aos 100 km/h em 3,6 s (Divulgação/Dodge)

Até 31 de agosto, o Viper será o carro com maior motor em produção no mundo. E sua produção não poderia ir muito além disso: a partir de 2018 airbags laterais serão obrigatórios nos carros vendidos nos Estados Unidos.

Por enquanto, este V10 8.4 é o maior motor em um carro de produção (Divulgação/Dodge)

Para instalar o equipamento em um Viper a Fiat teria que investir muito dinheiro em alterações no projeto. As baixas vendas não justificariam. 

As cinco séries especiais: 1:28 Edition ACR, GTS-R Commemorative Edition ACR, Voodoo II Edition ACR, Snakeskin Edition GTC, Dodge Dealer Edition ACR (Divulgação/Dodge)

Este é o último Viper dos tempos em que mais realmente era mais. Não se fala em uma nova geração, até mesmo porque a FCA tem problemas maiores para lidar neste momento, como a falta de motores menores e eficientes para seus carros generalistas. O certo é que uma futura nova geração será completamente diferente da víbora que conhecemos.

Visualizações 314
Fonte: Quatro Rodas
Por: Redao
Data: 15/07/2017 14h20min

TV Na Rua / CornelioDigtal / BandDigital- 2007 - 2016