:Concurso IBGE 2018: pedidas 1.800 vagas efetivas

Concurso IBGE 2018: pedidas 1.800 vagas efetivas - TV Na Rua CornelioDigital Concurso IBGE 2018: pedidas 1.800 vagas efetivas - TVNaRua Cornelio Digital - Notícias, Eventos e Entretenimento
Concurso IBGE 2018: pedidas 1.800 vagas efetivas

Resumo: O concurso IBGE 2018 foi solicitado ao Ministério do Planejamento. Foram pedidas 1.800 vagas, sendo 1.200 de técnico, de nível médio, e 600 de analista.

Concurso IBGE 2018 é solicitado ao Planejamento (Foto: Divulgação)

*Matéria atualizada às 12h48 desta quinta-feira, dia 4 de janeiro

O concurso IBGE 2018 foi solicitado ao Ministério do Planejamento. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, foram pedidas 1.800 vagas, sendo 1.200 de técnico. Esse cargo é destinado a quem possui o nível médio e tem ganhos de R$3.556,85.

As demais 600 vagas solicitadas são para a função de analista, de nível superior. A remuneração nesse caso é de R$7.458,49. Os valores já incluem o auxílio-alimentação de R$458.

O pedido de concurso IBGE foi protocolado no Ministério do Planejamento no dia 15 de dezembro. De lá para cá foram registradas 23 movimentações. Hoje a solicitação está na Divisão de Concursos Públicos do Planejamento.

1.900 aposentadorias tornam concurso IBGE 2018 inevitável 

Enquanto o IBGE negocia com o governo a possibilidade de realizar o concurso IBGE 2018, o órgão sofre com a carência de pessoal e as aposentadorias. Na medida em que as demandas de pesquisas no país crescem a cada dia, o quadro de pessoal do IBGE diminui a cada mês.

Dados da Associação e Sindicato dos Servidores do IBGE (ASSIBGE) mostram que 1.900 servidores (38% do quadro atual) estão em abono de permanência, podendo se aposentar a qualquer momento.

Lembre como foi o último concurso IBGE para efetivos

O último concurso do IBGE para efetivos foi realizado em 2015. À época foram oferecidas 600 vagas, sendo 460 de técnico, de nível médio. Foram oferecidas ainda 90 vagas para analistas. A seleção de técnico está válida até 30 de maio e a de analista até 14 de junho.

Apesar disso, o IBGE já convocou os 600 classificados e 300 excedentes. Novos aprovados só poderão ser chamados por despacho presidencial. Saiba abaixo como foram as provas! 

Os candidatos a técnico foram avaliados por meio de 60 questões objetivas, dez de Conhecimentos Específicos do IBGE, 15 de Geografia, 15 de Matemática e 20 de Língua Portuguesa.

Os concorrentes a analista foram submetidos a 70 questões. O exame objetivo foi sobre Conhecimentos Básicos (Língua Portuguesa, Língua Inglesa e Raciocínio Lógico Quantitativo) e Conhecimentos Específicos. O número de questões por disciplina variava de acordo com a especialidade. Essas áreas, no concurso IBGE 2018, serão definidas após uma eventual autorização.

Para o técnico foi aprovado quem conseguiu, pelo menos, 40% dos pontos da prova, sem zerar nenhuma disciplina. Para analista e tecnologista, esteve apto quem alcançou metade dos pontos da prova, sem zerar nenhuma matéria, além de obter uma pontuação mínima na parte específica.

Confira editais do concurso IBGE 2015

Estude para o concurso IBGE 2018

O segredo da aprovação no concurso IBGE 2018 é o estudo antecipado. Confira a seguir materiais de preparação, tais como, provas anteriores, simulados, artigos e videoaulas!

Baixe provas anteriores

Veja simulados para o concurso IBGE

Visualizações 874
Fonte: Folha Dirigida
Por: Redao
Data: 05/01/2018 12h15min


« anterior [1]  2  3  4  5  6  7  8  9  10  11  12  13  14  15  16  17  18  19  20  21  22  23  24  25  26  27  28  29  30  31  32  33  34  35  36  37 próximo »


Hospital do Câncer de Londrina


CONTATO
contato@nossoclick.com
antonio.zaneti@gmail.com
(43)99920-1893



TV Na Rua / CornelioDigtal / BandDigital- 2007 - 2014