:Luiz Abi Antoun entra para a lista vermelha de foragidos da Interpol

Luiz Abi Antoun entra para a lista vermelha de foragidos da Interpol - Tv Na Rua


Luiz Abi Antoun entra para a lista vermelha de foragidos da Interpol

Cidadão libanês, primo do ex-governador Beto Richa só pode ser preso se deixar o país para onde viajou em setembro do ano passado, já que o Brasil não tem tratado de extradição com o Líbano.

Luiz Abi Antoun está no Líbano desde 22 de setembro. O empresário saiu do país com autorização da Justiça, deveria ter retornado no começo de outubro para participar de uma audiência da Operação Publicano 2, mas faltou ao depoimento em meados do mesmo mês. Na época, o juiz Juliano Nanuncio, responsável pelo caso, deu um prazo de 48 horas pra que a defesa de Luiz Abi prestasse informações sobre o paradeiro dele e a data da volta ao Brasil.

Os advogados apresentaram vários atestados médicos em árabe e inglês, além de versões em português, apontando que o empresário teria problemas respiratórios, falta de ar, febre, insuficiência cardíaca e pressão alta. Segundo os laudos apresentados pela defesa, o empresário precisaria de repouso absoluto e por conta disso estaria proibido de viajar de avião até meados de novembro. Mas até agora nada dele retornar ao Brasil.

Condenado a 13 anos de prisão na Operação Voldemort, que investigou um esquema de fraude em licitações do Governo do Estado, Luiz Abi é réu em várias etapas da Operação Publicano. O empresário, que tem nacionalidade libanesa, é acusado de fazer indicações de cargos e agir como um chefe político do suposto esquema de cobrança de propinas na Receita Estadual. Além disso, Luiz Abi também é investigado pela Operação Rádio Patrulha, que apura um esquema de fraudes no programa estadual de recuperação de estradas rurais "Patrulha do Campo".

O coordenador do Gaeco em Londrina, promotor Jorge Barreto, afirma que Abi chegou a ser preso nessa operação, mas foi solto poucos dias depois e viajou para o Líbano.

O empresário também foi alvo de um mandado de prisão da Operação Integração II, a 55ª fase da Operação Lava Jato, deflagrada em 26 de setembro. Luiz Abi não chegou a ser preso, justamente porque viajou para o exterior quatro dias antes.

O coordenador do Gaeco diz que o Ministério Público contestou junto ao juiz do caso todas as informações sobre a suposta impossibilidade de Luiz Abi voltar ao país. Barreto afirma ainda que o primo do ex-governador Beto Richa já está na chamada lista vermelha da Interpol, de foragidos internacionais, mas como é cidadão libanês e o país não tem tratado de extradição com o Brasil, a única possibilidade de prisão é caso ele saia do Líbano.

Fizemos contato com o advogado Anderson Mariano, que defende Luiz Abi Antoun, e ele informou que o empresário continua sem condições de viajar por conta do estado de saúde e ainda não tem uma previsão de retorno ao Brasil.

Visualizações 245
Fonte: CBN - Marcos Garrido.
Por: Redação
Data: 29/01/2019 05h42min


    

JG FreiosSampei Cozinha ChinesaNoemi LanchesProdutos AlcobaçaBrasilnet Hospital do Câncer de Londrina
CONTATO

contato@nossoclick.com
antonio.zaneti@gmail.com
(43)99920-1893
TV Na Rua / CornelioDigtal / BandDigital- 2007 - 2014